Racismo e o Impacto na saúde mental

A discriminação é um fenómeno que tem um impacto muito avassalador na vida de qualquer pessoa. No entanto, há pessoas que a vivem de forma sistemática apenas por serem portadoras de aspetos biológicos e orgânicos que não conseguem determinar. É o que acontece no racismo que cada vez é mais falado, deixando, ainda assim, de parte os impactos que tem para a saúde mental das pessoas afetadas. É o que vos vimos falar hoje.
Mas vamos começar pelo início. O que é a discriminação? É uma conduta que se carateriza por diferenciar o tratamento de uma pessoa ou grupo, inferiorizando-o, com base num fator que a diferencia, de algum modo, dos demais. Um dos fatores em causa é a raça/cor de pele e é neste fator que se baseia o racismo, que consiste na discriminação e preconceito baseado em diferenças biológicas entre vários grupos, originando estereótipos que se vinculam aos grupos considerados inferiores. Este fenómeno tem bases sociais e antropológicas, como um histórico de escravidão ao longo de vários séculos, e até biossociais, assente em teorias que consideram que caraterísticas ou capacidades herdadas fazem um grupo ser superior ou inferior.
Estes construtos levaram à criação de uma sociedade estratificada e algo intolerante, tanto étnica como socialmente, onde é comum existir uma cultura dominante e outras dominadas. Isto leva a que as pessoas das culturas dominadas sejam gravemente discriminadas, impulsionando-as a viver marginalizadas, com poucas oportunidades laborais e, consequentemente, com menor qualidade de vida. Tudo isto intensifica a ideia negativa associada aos grupos marginalizados, piorando os estereótipos e agravando a discriminação, funcionando num ciclo vicioso e recorrente.
Claro que todas estas situações têm repercussões enormes na saúde mental destas pessoas que não fazem parte da cultura dominante. O racismo gera grande sofrimento aos que dele sofrem, podendo culminar em perturbações mentais graves. É comum a sensação de constante exclusão da sociedade, como se fossem postos a um canto, em conjunto com uma sensação de inferioridade numa relação de poder assimétrica, sendo que muitas vezes as próprias diferenças sociais e culturais são impostas e incutidas pela própria sociedade em que vivemos e pela falta de abertura e inclusão. Estes fatores culminam numa falta de confiança, baixa auto-estima, auto-imagem distorcida e sensação de não ser amado, o que consequentemente pode gerar perturbações depressivas, entre outras patologias.
Se formos desvalorizando este problema e não percebermos que contribui para maiores prevalências de perturbações mentais, estamos nós próprios a contribuir para o estigma e negligência das pessoas, dificultando as possibilidades de cuidado, combate e tratamento.
É necessário um diálogo multicultural que possibilite ouvir, perceber e, principalmente, respeitar diferentes perspetivas de ver, sentir e viver no mundo. Para além disso, é importante penalizar ações e comportamentos discriminatórios. A legislação portuguesa considera alguns, dependendo da gravidade do ato, como sendo contraordenações ou até crime. Neste âmbito, a discriminação enquanto contraordenação consiste quando uma pessoa é impedida de exercer os seus direitos; dentro dos crimes, temos os crimes de ódio, consistindo em atos de violência motivados pelo facto da vítima apresentar certas caraterísticas que a distinguem (como origem racial).
É importante relembrar que, como em qualquer problema de saúde mental, é necessário considerar a pessoa num todo, tendo em conta a sua história e contextos sociais, sendo estes particularmente indispensáveis, neste caso, para perceber os prejuízos sentidos associados a condutas racistas.
Assegurar que a saúde mental é universal e íntegra, sem discriminação nas condições ou cuidados, possibilitando resposta aos vários pedidos com todos os seus níveis de complexidade e necessidade deverá ser de máxima importância e responsabilidade.

Departamento de Pedagogia e Formação – Inês Costa e Maria Ana Coelho – 24/11/2020

Copyright © 2019 Pacifico. Developed by OvaTheme